domingo, 10 de setembro de 2017

Pastorais e movimentos do Santuário se preparam para Mês da Bíblia




No Mês da Bíblia, as diversas pastorais e movimentos do Santuário da Conceição realizarão estudos bíblicos, com o intuito de estimular entre os fiéis maior intimidade e interação com este livro sagrado e tão importante.

Cada cristão tem seu jeito próprio de se relacionar com a Bíblia e de experimentar seus ensinamentos. “Sempre tive uma linda relação com a Bíblia. Para mim, a Bíblia é a boca de Deus para o ser humano. A Bíblia, para mim, não é apenas um livro que me ajuda espiritualmente; ela me ensina também a administrar minha casa, minha vida financeira”, acredita Marcos Galdino, 35 anos, participante dos estudos bíblicos.

Em 1971, setembro foi escolhido como mês da Bíblia em homenagem a São Jerônimo, que foi um grande biblista e responsável pela tradução do Livro Sagrado. Os originais estavam em hebraico e grego, mas, naquela época, a língua mais falada no mundo e usada na liturgia da Igreja Católica era o latim. Vale lembrar que 30 de setembro é dia de São Jerônimo.


Jovens se reúnem para o Vem e Segue-me 2017


A Juventude Dehoniana de São Luís reuniu-se, no dia 20 de agosto, na Casa do Sagrado Coração de Jesus (Cantinho do Céu), para o Vem e Segue-me 2017. O tema desta edição foi "Ecce Ancilla" (Eis a serva), baseado na resposta de Maria ao chamado de Deus. Ela é considerada a primeira vocacionada da Igreja.

Para o frater Said, o evento ajuda no despertar vocacional. “Somos chamados a sermos cristãos, então é preciso que a gente abrace a cruz com plenitude, coragem e sobretudo fé. Para isso, é necessário deixar muitas coisas. O Espírito Santo pede para que cada jovem abandone algumas coisas e saiba compreender o que deva ser deixado”, explica o religioso.

O jovem Danilo Gomes, do Santuário da Conceição, considera que o encontro serve para uma renovação para jovens que estão afastados da Igreja, sensibilizando-os para o serviço do Reino de Deus. “No meu caso, já vivo uma vida dedicada à Igreja, participando de pastorais e movimentos. No Santuário, estou há sete anos”, comentou.


O Santuário da Conceição foi responsável pela organização do Vem e Segue-me 2017 e contou com o trabalho da Pastoral da Acolhida, Ministério de Artes, EJC, entre outros movimentos.